Está chegando a comemoração mais esperada entre adultos e crianças de todo o mundo: a Páscoa.
Essa tradicional festa cristã é comemorada no Brasil 40 dias após o Carnaval e significa a morte e a ressurreição de Cristo. Aqui as crianças costumam montar suas cestas e esperar que o coelhinho  traga ovos de chocolate para recheá-las. Os pais participam da brincadeira escondendo os tesouros de doces para que as crianças os encontrem. O almoço de Páscoa é bastante comum no domingo, reunindo toda a família.
Os símbolos mais popularizados da Páscoa são os ovos e o coelho. Conta uma antiga lenda que uma mulher muito pobre enfeitou vários ovos para presentear os filhos, escondendo-os em um ninho improvisado. No momento em que as crianças descobriram o esconderijo, um grande coelho passou correndo por elas. Nascia assim a ideia de que o coelho traria ovos!
Por outro lado, tem-se o ovo como símbolo da vida desde a Antiguidade, quando se acreditava que o mundo havia surgido dentro de um ovo. Eduardo I, na Inglaterra, instaurou o hábito de decorar ovos e dá-los de presente, banhados a ouro. E o coelho simboliza a fertilidade, pelo grande número de filhotes que gera a cada ninhada.

páscoa

Mesmo em alguns países onde o cristianismo não é a religião predominante, a Páscoa também é comemorada, e muitas vezes de maneiras um tanto quanto curiosas, veja só:

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, as crianças usam gorros e chapéus com orelhas de coelho, decoram e pintam ovos cozidos, recebem cestas com brinquedos, coelhos e ovinhos de chocolate. A tradição está na brincadeira de caça aos ovos, realizada geralmente durante a tarde de domingo. Ovos coloridos são espalhados ao ar livre, para que as crianças os recolham em suas cestas, vencendo a brincadeira quem acumular o maior número de ovos. Todos os anos a brincadeira também é realizada na Casa Branca, em praças públicas e parques.

Caça aos Ovos

Caça aos Ovos

Suécia

A páscoa na Suécia é parecida com o Halloween nos EUA. As crianças fantasiadas de bruxas, saem na quinta-feira santa ou na véspera da Páscoa, visitando seus vizinhos e distribuindo cartões decorados para ganhar doces ou dinheiro.

Páscoa na Suécia

Suécia

Rússia

O povo russo também costuma decorar ovos e presentear amigos e familiares com eles. Em 1895 o Czar Alexandre III quis presentear a esposa com algo verdadeiramente especial. Encomendou ao joalheiro Peter Carl Fabergé um preciosidade: um ovo folheado a ouro, com uma gema dourada e uma galinha de ouro e olhos de rubi. Assim nasceu o famoso Ovo Fabergé.

Tradição na Rússi: Ovos Fabergé

Tradição na Rússia: Ovos Fabergé

China

Na mesma época da nossa Páscoa, os chineses realizam uma festa religiosa chamada Ching-Ming para homenagear seus antepassados. Desde a antiguidade, ao visitar os túmulos dos ancestrais, oferecem refeições e doces para deixá-los satisfeitos. As oferendas incluíam ovos de verdade embrulhados em cascas de cebola, cozidos junto com beterrabas, o que os deixava incrivelmente coloridos.

Páscoa na China

Páscoa na China: Chingming

França e Áustria

Diariamente os sinos tocam na França e na Áustria, anunciando as missas. Durante a Páscoa, de quinta-feira até sábado a noite eles silenciam completamente: conta a lenda que os sinos partem para Roma na quinta-feira e ao retornarem, no sábado, voltam abençoados e, no caminho, deixam cair ovos de chocolate, galinhas, pintinhos e coelhos para as crianças.

Os sinos da Páscoa, Áustria

Ucrânia

Na história do povo que habitou as estepes sempre esteve presente uma tradição de colorir ovos na época em que o Sol voltava triunfante, eliminando a neve que cobria a rica terra negra da Ucrânia.  Suas cores e desenhos têm significados especiais. Essa arte milenar e símbolo de vida nova, chama-se pêssanka. A decoração é feita com cera de abelha e tintas coloridas. Os desenhos homenageiam a pessoa que vai ganhar o ovinho.

Assista o vídeo e saiba mais:

Acesse: www.btgviagens.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *